Ar Condicionado Chiller Carrier AquaForce 30XA

Com o objetivo de suprir às exigências referentes ao excelente rendimento, foi desenvolvido o ar condicionado chiller Carrier AquaForce 30XA com modelos providos das condições apropriadas para disponibilizar um potencial entre 80 à 500 TR.

Possuindo um sistema de descarga com design em “V”, o seu fluxo de ar é executado de forma constante, concedendo um elevado coeficiente de transferência de calor. Um fato que comprova que é um aparelho otimizado e voltado para a eficiência energética.

Mas quais são as peculiaridades de um ar condicionado chiller Carrier AquaForce 30XA?

Primeiramente, o seu maquinário é constituído por um compressor parafuso 06T de tecnologia de ponta, contribuindo para desempenhar a performance tão desejada, apresentando uma eficácia 30% mais a mais que um modelo convencional.

Além de serem equipados com as configurações ConfortLink das quais exibem uma interface prática e simples por meio de um backlight e cristal líquido, as versões AquaForce 30XA são certificados LEED, efetuando em até 17% as demandas da diretriz ASHRAE 90.1.

Dotado da tecnologia onde os seus trocadores de calor são guarnecidos por serpentinas de microcanais, apresentam-se em torno de 60% mais leves que os aparelhos tradicionais. Isso sem mencionar que utilizam menor quantidade de líquido refrigerante para a alcançarem a eficiência.

Visando contribuir para a preservação do meio ambiente, utilizam o fluído refrigerante HFC R-134A, uma substância atóxica e não inflamável, sem cloro em sua composição. Um fato que não gera prejuízos à camada de ozônio.

Contribuindo para o conforto e bem-estar, além de serem tratados com um revestimento anticorrosão amplificando a vida útil do conjunto, os produtos da linha AquaForce 30XA se encontram servidos de ventiladores AeroAcustic, reduzindo a produção de ruídos.

O texto acima "Ar Condicionado Chiller Carrier AquaForce 30XA" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.